Home / Artigos em Saúde / De onde vem a sua gordura?

De onde vem a sua gordura?

 

Especialistas dizem que a melhor dieta possível é composta de 40% de carboidratos, 30% de gorduras e 30% de proteínas; particularmente, NÃO concordo e acho que o tempo e o progresso científico vão mostrar que estou certo em dizer que:

-       O ideal (na minha opinião) é 40% de proteínas, 30% de BONS carboidratos e 30% de BOAS gorduras;

-       Mais ideal ainda é que um BOM nutricionista funcional calcule a dieta mais adequada possível para SUAS necessidades específicas.

Mas se, independentemente da composição da dieta, tantos por aí têm TANTA gordura corporal, de onde ela vem afinal? Simples: basicamente, dos EXCESSOS cometidos; excessos de qualquer coisa: gorduras, carboidratos e mesmo proteínas.

GORDURAS: Quando entram no organismo, podem fazer parte da estrutura dele (membranas celulares, hormônios, etc) OU o que sobrar (EXCESSO!) ser incorporado pelos adipócitos (ou fígado) e depositado, assim compondo reserva energética (gordura armazena bem mais energia em menos espaço…); detalhe importante: gordura NUNCA pode ser transformada em proteínas ou carboidratos, como alguns erradamente pensam, mas carboidratos em excesso SÃO transformados em gordura!

CARBOIDRATOS: Também chamados de “açúcares”(mesmo que não sejam necessariamente doces, como as massas e pães), quando entram no organismo são aproveitados para a produção de energia OU armazenados sob a forma de glicogênio (estoque relativamente pequeno, feito pelo fígado e músculos) OU o que sobrar (EXCESSO!) ser incorporado pelos adipócitos (ou fígado), transformado em gordura e depositado, assim compondo reserva energética (afinal, lembrem-se: gordura armazena bem mais energia em menos espaço)… Isso mesmo: como glicose é um carboidrato, principal fonte de energia para o cérebro e coração, se faltar glicose o fígado pode transformar proteínas em carboidratos; em outras palavras, em situações “emergenciais” (muito freqüentes em quem alimenta-se mal ou exercita-se além das suas capacidades), seu corpo pode quebrar suas proteínas (estejam elas em músculos, ossos ou onde for) para transformá-las em “açúcares”.

PROTEÍNAS: Ao entrarem no organismo, são utilizadas predominantemente para fins estruturais, ou seja, formar seus mais diversos componentes mas o que sobrar (EXCESSO!) pode ser convertido pelo fígado em glicose (via gliconeogênese); e bem sabemos o que acontece com o excesso de glicose, não (dúvidas, leia novamente acima)?

Ou seja, TUDO* vira GORDURA se entrar em EXCESSO no organismo… Respondida a pergunta?

* TUDO, nesta sentença, exclui vitaminas, minerais e água que NUNCA são transformados em gordura pelo nosso organismo; o máximo que pode acontecer é alterações nas suas quantidades alterarem o apetite, metabolismo, biotransformações (proteínas em glicose, glicose, em gordura, …), etc.

Um abraço

Dr. Ícaro Alves Alcântara

Dr. Ícaro Alves

Especialista em Homeopatia - Atuação em Qualidade de vida, Ortomolecular e Fitoterapia - Auxílio a processos de emagrecimento, longevidade e modulação hormonal

Participe comentando ou perguntando

Fique tranquilo, não divulgaremos seu e-mail. Obrigatório o preenchimento com *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top