Na minha humilde opinião, todo #médico não só pode como DEVE fazer bons cursos e pós-graduções em Ortomolecular e assim aprimorar sua visão clínica dos casos que atenda (e seus resultados), tanto quanto melhorar sua própria vida e de quem possa ajudar, compartilhando conhecimento de qualidade. Ainda a minoria infelizmente, entretanto, busca este aprimoramento e muitos têm o péssimo #hábito de criticar o que sequer procuraram aprender, de verdade: o que é, pilares, benefícios, métodos, etc – por isto tantas opiniões inválidas porque são muitas vezes de “pérolas aos porcos”.

 

Entendamos, em nosso próprio BENEFÍCIO:

 

0 – O BÁSICO que você precisa saber sobre ORTOMOLECULAR está aqui. Confira:

www.ICARO.med.br/?s=ORTOMOLECULAR

 

1 – ORTOMOLECULAR não é especialidade MAS é Prática Médica, Estratégia de valor em #Medicina, reconhecido por várias resoluções do CFM mas sobretudo normatizada pela 2004/2012.

 

2 – #Ortomolecular realmente bem feita contempla necessária e BASICAMENTE 4 pilares:

>Melhorar o #EstiloDeVida, os #HabitosDeVida do paciente, orientando e acompanhando para torna-los os mais #Saudaveis possível: www.ICARO.med.br/SAUDE;

>>Identificar carência e supri-las (#vitaminas, #minerais, #neurotransmissores, #hormonios, etc)

>>>Desintoxicar (retirar excessos) e reduzir intoxicações

>>>>Combater o #stress oxidativo excessivo (quantidade abusiva de #RadicaisLivres)

 

3 – Nenhum bom médico que pratica ortomolecular deixa de exercer sua especialidade/área de base! O conhecimento AGREGA à prática, em benefício do paciente e não subtrai.

 

4 – História real, para refletirmos:

Um paciente me relatou que foi a 3 “ortomoleculares” no DF (eu, o último, com quem segue acompanhamento, satisfeita, pelo que me disse); o primeiro, sem analisar qualquer exame complementar e após tempo reduzido de consulta, “prescreveu” “tratamento de soros” (endovenosos) custando mais que R$ 10.000,00 e que o paciente só poderia comprar e aplicar na sua clínica. Como o paciente achou isto absurdo (com razão), procurou por uma segunda opinião e acabou em profissional que pouco abordou os pilares descritos no tópico 2 acima e já indicou doses altas de um hormônio…

É claro que estes são relatos de Experiências ruins; entretanto, pense: se você vai a um #ProfissionalDeSaude ruim (ou com o qual tenha uma experiência insatisfatória), não é por isto que formará o conceito de que “todo profissional de saúde é ruim”, certo? Ou seja, tal generalização seria absurda. O mesmo ocorre com tudo na vida e com a Ortomolecular não é diferente: há bons e maus profissionais em toda e qualquer área e não é porque alguns usam o “rótulo” erradamente que a Ortomolecular em si perca seu valor!

 

5 – Até hoje, depois de ter proferido e assistido aulas junto a muitas centenas de colegas #médicos estudiosos e praticantes de Ortomolecular em Medicina, somente ouvi elogios sobre como os conhecimentos desta Estratégia ajudaram a tratar melhor os pacientes e obter resultados mais expressivos. Coincidência? É claro que não.

 

6 – Por que, então, alguns criticam-na indevidamente?

Explico aqui: http://www.icaro.med.br/ortomolecular-incomoda-tanto/

 

Bom estudo!

Acredito que valerá MUITO a pena!

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico – Brasília/DF

🖥 http://ICARO.med.br

Marcação de consultas:

☎ (61) 32349069 (fixo)

📱 (61) 99646-7775 (celular e WhatsApp)

 

Comments

Leave a Comment