Seu alimento é seu veneno ou tratamento?

Artigos Dica do Ícaro

Sua alimentação pode ser a causa das suas doenças – Explicando de forma simples:

Quando um alimento não faz bem pra você (por exemplo porque você tem intolerância a ele ou mesmo alergia) mas você continua ingerindo-o recorrentemente, seus intestinos são agredidos e por isso tornam-se inflamados (tudo o que é agredido no organismo INFLAMA), o que te traz 3 conseqüências básicas:

– Lesão direta dos seus intestinos, pelas agressões sofridas;

– Produção de mediadores inflamatórios e imunocomplexos que, uma vez no seu sangue, viajam e podem “inflamar à distância”, assim causando inflamações em centenas de outros locais possíveis no seu corpo e até cérebro

– Abertura de micro-poros, anômalos, nos intestinos que permitem a passagem de toxinas e até mesmo bactérias e fungos para o seu sangue, onde não só ficam mas atingem todo o organismo.

* Ainda outro lado desta história é que existem alimentos (ingestão freqüente de leite, carne vermelha, trigo/glúten, etc) que estimulam a proliferação de bactérias e parasitas ruins nos seus intestinos e estes, ao “alimentar-se”, acidificam e produzem substâncias tóxicas que inflamam seus intestinos…

As conseqüências disto tudo, portanto, são simples:

– Má absorção de nutrientes

– Perturbações do ritmo intestinal (diarréias e às vezes constipação)

– Chegada de toxinas ou mesmo bactérias/parasitas à corrente sangüínea

– Distúrbios inflamatórios dos intestinos

– Inflamação causada ou piorada em várias partes do corpo

__________

Também sobre Intolerância Alimentar – Muito útil e interessante… Leiam:

“Muitas pessoas exibem reações inflamatórias crônicas de sensibilidade a alimentos para antígenos de alimentos específicos. Diferente dos efeitos imediatos da alergia, medida por IgE, as reações de sensibilidade a alimentos mediada por IgG podem levar vários dias para aparecerem.
Depressão, ganho de peso, dermatite, constirpação, diarréia, artrite, fadiga e a síndrome do intestino irritável estão associadas a intolerância a alimentos.
Dieta com remoção controlada dos alimentos que causam problema irá, em muitos casos, rapidamente, melhorar a condição do paciente.
Portanto, o conhecimento dos alimentos que podem causar reações mediadas por IgG é de grande ajuda ao profissional de saúde, permitindo que este oriente a dieta de seu paciente, para melhor qualidade de vida”.

Fonte: Teste de IgG para Intolerância Alimentar, em https://www.icaro.med.br/seis-metodos-de-auxilio-diagnostico-em-saude-que-voce-deve-conhecer

Ainda mais em:

http://ligadasaude.blogspot.com.br/2013/01/intolerancia-alimentar.html

Entendeu agora que alergia alimentar é diferente de intolerância alimentar, e a gravidade do problema?

Ficou claro? Sugestões são sempre bem vindas para melhorar este texto e torná-lo ainda mais útil a quem lê!

Boa semana

Dr. Ícaro Alves Alcântara

www.icaro.med.br

 

* Gravura extraída de : http://www.thebroadstreetpractice.co.uk/2013/10/30/food-allergy-intolerance-week-11-15-november/

Comments

6 thoughts on “Seu alimento é seu veneno ou tratamento?

  1. Como podemos detectar se somos alérgicos a determinados alimentos já que os sintomas no organismo não parecem ser tão explícitos quanto os que possuem intolerância.

    E ainda, gostaria de saber se é recomendado a ingestão de carne vermelha, pois minha nutricionista pede que consuma TODOS os dias.

    Grata

    1. Olá

      Alergias usualmente são detectadas por testes específicos, na maioria das vezes de IgE. Sobre a carne vermelha, isto varia de um paciente para o outro mas tanto eu quanto as dezenas de nutricionistas com quem trabalho diretamente em geral não recomendam mais que 3 a 5 vezes por semana e somente no almoço.

      Boa semana

  2. Fiz uma pergunta a um profissional especialista de metabolismo sobe o glúten. Em que ponto específico diverge a opinião de quem acredita e quem não acredita no uso indevido de glutem? Para alguns, a suspensão dos mesmos impede a absorção de nutrientes.

  3. Olá Icaro, bom dia, faço uso todos os dias, do kefir de leite (alimento probiótico) fazendo iogurte. Não tolero muito o leite puro, mas com o kefir, meu organismo aceita bem. Gostaria de saber sua opinião sobre estes microrganismos vivos.
    Procuro manter hábitos saudáveis em minha alimentação, sigo suas orientações que são muito úteis pra mim.
    Gostaria muito de fazer uma consulta com você, pena que moramos em cidades distantes!! Ainda não encontrei profissionais com esta mesma visão.
    Sobre estes exames específicos da intolerância alimentar, poderia me passar os nomes para que eu solicite a um médico?
    Obrigado….

    Meire

  4. nao consegui abrir o link que lista os testes, quero faze-los….
    gostei muito do artigo, bastante tecnico, obrigada….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *