Curiosidades ÚTEIS sobre a TIREOIDE

 

***Série de posts meus sobre o assunto, no Facebook.com/DrIcaroAlves e Instagram.com/DrIcaroAlves***

 


 

PARTE 1

 

Tenho estudado bastante sobre #TIREOIDE e compartilho com vocês informações “avançadas” sobre o assunto: úteis para você (ou alguém que você conheça) e ainda pouco abordadas, pelo que sei.

 

1 – Antes de prosseguir, saiba o básico sobre Tireóide ou pode até não entender o que vem a seguir; para isto acesse: www.icaro.med.br/TIREOIDE

 

2 – O #TSH liberado pela sua #hipófise (glândula no seu #cérebro) tanto estimula a produção de T4 pela #tireoide quanto a conversão deste T4 em T3 em vários lugares do corpo; ou seja: TSH baixo demais também não é algo bom – todo excesso faz mal.

 

3 – O #Fígado é um dos lugares onde enzimas mais transformam o T4 em T3 (a forma ativa de #hormônio tireoidiano), motivo pelo qual quando está inflamado, intoxicado ou sobrecarregado um paciente facilmente pode apresentar sintomas de #hipotireoidismo; por isso, quando este for o caso, substâncias que “ajudem” o fígado podem “ajudar” no efeito dos #hormônios tireoidianos, como #silimarina (do cardo mariano), #acetilcisteina, #boldo, etc.

 

4 – Intestinos inflamados prejudicam a conversão de T4 em T3, tanto pela produção de mediadores inflamatórios quanto pela perturbação da flora bacteriana intestinal (que, em parte, também converte); e adivinhem o que mais inflama os intestinos? Alimentação ruim (www.icaro.med.br/Alimentacao) e hábitos de vida ruins (www.icaro.med.br/12Passos)

 

5 – Lembre-se: há muito mais para você saber sobre Tireóide em www.icaro.med.br/Tireoide – você precisa conferir lá!

 

É claro: não se automedique; antes de colocar em prática o que falei o ideal é vc submeter este #conhecimento de qualidade à análise do seu profissional de saúde de confiança, ok?

 

#FicaADica

E complemente-as com as informações de www.icaro.med.br/SAUDE e www.icaro.med.br/LIVROS (MANUAL DA SAUDE DEFINITIVA, lançamento, meu último livro e vários outros)

 

Boa semana!

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

61 996467775 e 32349069

 


 

PARTE 2

Sobre #TIREOIDE, compartilho com vocês informações “avançadas” sobre o assunto: úteis para todos mas ainda pouco abordadas.

 

1 – Antes de prosseguir, saiba o básico sobre Tireóide ou pode até não entender o que vem a seguir; para isto acesse: www.icaro.med.br/TIREOIDE

 

2 – Quem tem função biológica nos tecidos é o T3 (www.icaro.med.br/T3) e não o T4 que sua tireóide produz ou que você toma, sob a forma de Levotiroxina (#Puran, #Levoid, #Synthroid, #Euthyrox, etc) – todo T4 tem que “perder” uma molécula de iodo, nos tecidos onde vá agir, para que possa virar T3 e só assim efetivamente atuar e aumentar o #metabolismo local; ou seja, só tomar o “remédio da tireóide” NÃO garante que você tenha seu #Hipotireoidismo “automaticamente” compensado, já que são MUITOS os casos em que o paciente não converte direito o T4 em T3 (por hábitos de vida ruins, falta de nutrientes, intoxicações, inflamações, carências hormonais, etc).

 

3 – Ter níveis de #TSH dentro dos parâmetros de laboratório não garante que seu hipotireoidismo esteja “compensado”! O TSH é a ordem do cérebro (através de uma glândula chamada hipófise) para a tireóide produzir T4 (e um pouquinho de T3, ela mesma) e, quanto mais T4 a tireóide produz, mais este T4 informa para o cérebro que tem T4 “suficiente” no corpo e que por isto a liberação de TSH pode diminuir. O problema é que se este T4 “suficiente” não está virando T3 também em quantidade “suficiente”, o TSH vai ficar “dentro do aceitável”, seu médico vai te dizer que “está tudo ok” mas na verdade provavelmente NÃO ESTÁ!

 

4 – Portanto, como médico, digo para vocês que parece-me INSUFICIENTE usar só exames de TSH e T4 para dizer que alguém tem “Tireóide OK” ou suficiência de #hormonios da tireóide em seu organismo. Sugiro que a avaliação mais completa e adequada siga ESTES parâmetros: https://www.icaro.med.br/exames-para-avaliacao-da-tireoide-o-que-voce-precisa-saber/

 

5 – Lembre-se: há muito mais para você saber sobre Tireóide em www.icaro.med.br/Tireoide – você precisa conferir lá!

 

É claro: não se automedique; antes de colocar em prática o que falei o ideal é vc submeter este #conhecimento de qualidade à análise do seu profissional de saúde de confiança, ok?

 

#FicaADica

E complemente-as com as informações de www.icaro.med.br/SAUDE e www.icaro.med.br/LIVROS (MANUAL DA SAUDE DEFINITIVA, lançamento, meu último livro e vários outros)

 

Boa semana!

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

61 996467775 e 32349069

 


 

Parte 3:

👨‍⚕️Mais informações interessantes sobre a #TIREOIDE, que compartilho com vocês neste terceiro post da séria: úteis para todos mas ainda pouco aplicadas/divulgadas.


0️⃣Antes de prosseguir, saiba o básico sobre Tireóide ou pode até não entender o que vem a seguir; para isto acesse: www.icaro.med.br/TIREOIDE

1️⃣Leia as “curiosidades-úteis” anteriores em www.icaro.med.br/CuriosidadesTireoide

2️⃣Quem leva uma vida pouco ativa (poucas atividades, poucos exercícios físicos, nível baixo de exigência do cérebro, etc), naturalmente tem redução na produção de T4 e/ou na ativação do T4 em T3, como forma do organismo manter o #metabolismobaixo proporcionalmente, ante o nível de atividade de cada um; em geral, o distúrbio funcional de tireóide (e de adrenais, muitas vezes) deve ser suspeitado quando, em um período da vida, alguém precisa responder mais “intensamente” a uma situação potencialmente estressora mas não consegue, o que inclui tanto demanda física quanto mental, emocional, combate a infecções, etc.

3️⃣O mineral #Selênio é muito importante para a ativação de enzimas fundamentais para a conversão do T4 em T3: por isso a tireóide é o tecido do corpo onde, proporcionalmente, há maior presença deste mineral. Como ele também é importante para a atividade adequada do sistema imunológico, sua carência tem sido implicada como um dos fatores causal ou agravante das doenças autoimune que atacam a tireóide, como a Tireoidite de #Hashimoto. Vários alimentos são boas fontes de selênio mas a castanha-do-pará é a melhor fonte conhecida em nosso país (é claro, desde que, idealmente, seja procedente de bom solo ou terá seu teor de nutrientes reduzido).
4️⃣Quando o hormônio #cortisol está alto demais (por exemplo, em situações “algo mais duradouras” de #stress elevado), isto reduz a conversão do T4 em T3, podendo levar a sintomas de hipotireoidismo; vale lembrar aqui que, se o stress perdura por tempo demais, muitas pessoas deixam de produzir cortisol suficientemente e podem evoluir para fadiga crônica (www.icaro.med.br/Exaustao), situação em que a tireóide tende a ser mais exigida para tentar compensar as adrenais (que produzem o cortisol e vários outros hormônios) e acaba, com o passar do tempo, exaurindo-se também.

5 – Lembre-se: há muito mais para você saber sobre Tireóide em www.icaro.med.br/Tireoide – você precisa conferir lá!

É claro: não se automedique; antes de colocar em prática o que falei o ideal é vc submeter este #conhecimento de qualidade à análise do seu profissional de saúde de confiança, ok?

#FicaADica
E complemente-as com as informações de www.icaro.med.br/SAUDE e www.icaro.med.br/LIVROS (MANUAL DA SAUDE DEFINITIVA, lançamento, meu último livro e vários outros)

Boa semana!

Ícaro Alves Alcântara
Médico
61 996467775 e 32349069

 


 

Parte 4:

💪Milhares de pessoas têm acessado meu material sobre #Tireoide(www.icaro.med.br/?s=Tireoide), especialmente www.icaro.med.br/Hipotireoidismo e www.icaro.med.br/Tireoide, além dos vídeos no YouTube.com/DrIcaroAlves, confiança pela qual muito agradeço, em meu trabalho!

🧐E a pergunta mais comum que tenho recebido nos últimos meses é: “Doutor, quais exames são necessários para avaliar a Tireoide”?

👨‍⚕️Resposta: SEU #MEDICO, competente e atualizado, é a pessoa mais indicada para responder isto, avaliando suas necessidades individuais – até porque seu caso pode requerer exames mais ou menos detalhados.
📌Entretanto, em geral, o que peço para meus pacientes assim que chegam procurando meu acompanhamento médico são:
– TSH, T4livre, T3livre, T3reverso, Tireoglobulina e Ecografia (US=Ultrassom=Ecografia)
(Explico detalhes sobre estes nos links acima: recomendo fortemente que você acesse, leia, assista!)
– Idealmente, contudo, para primeira consulta, peço também Anticorpos (Por exemplo Anti-TPO, Anti-Tireoglobulina, Anti-TSH), T4total, T3total e Ecografia com Doppler (dá mais detalhes, em caso de nódulos ou cistos) – caso o paciente possa pagar por estes e/ou seu convênio cobrir, de forma a tornar mais completa sua avaliação.
🤔Vale ressaltar, entretanto:
– Salvo situações onde o paciente tem nada de tireóide funcionante (retirada totalmente ou neutralizada completamente por tratamentos, a exemplo do iodo radioativo), esta nobre #glandula responde MUITO BEM à melhoria dos #HabitosDeVida, algo fundamental à restauração da sua #SAUDE: www.icaro.med.br/12Passos
– A INVESTIGAÇÃO adequada de qualquer órgão, incluindo glândulas, requer primeiramente CONSULTA detalhada, onde as queixas do paciente são ouvidas de maneira atenta e pormenorizada e complementada por exames. Fazer exames sem que seus #resultados sejam relacionados a dados clínicos detalhados muitas vezes provoca erros de #diagnostico#tratamento. Entenda, para o seu bem: www.icaro.med.br/DegrausDaSaude e www.icaro.med.br/AET
– A Tireoide não funciona sozinha e muitas vezes para recuperar/otimizar seu funcionamento o paciente precisará fornecer-lhe nutrientes que frequentemente faltam, como Selênio, Ferro, Zinco, L-tirosina, etc – adequação nutricional e #suplementação, quando necessárias, idealmente requerem indicação e acompanhamento profissional competentes.
– Em outros casos, além das correções acima o paciente muitas vezes precisa da otimização do funcionamento de outras glândulas (por exemplo, quando as #adrenais “vão mal” a tireóide pode ser levada mais facilmente à exaustão) e até de reposição de outros hormônios, já que afetam a produção dos #hormônios da tireóide (podendo suprimi-la ou hiperestimula-la): por exemplo, níveis adequados de #GH e #Melatonina são necessários à produção adequada de #T4 (Tiroxina), carências de #testosterona e #progesterona (e níveis altos de #leptina, comumente aumentada quando há excesso de #gorduracorporal) costumam reduzir a conversão de T4 em #T3 por vários tecidos/órgãos do corpo.
Entendeu?
Quando o assunto é TIREOIDE, #FaçaASuaParte (www.icaro.med.br/?s=Tireoid) e procure com acompanhamento médico, competente e atualizado para atender da melhor forma possível as suas necessidades!

Boa semana!

www.icaro.med.br/PenseSaude
www.icaro.med.br/ComeceAqui 
Ícaro Alves Alcântara 
Médico – Brasília/DF
🖥 http://ICARO.med.br
Marcação de consultas:
☎ (61) 32349069 (fixo)
📱 (61) 99646-7775 (celular e WhatsApp)

 


 

Parte 5:
 
 
👨‍⚕️Por exemplo:
1️⃣Todo Hipotireoidismo é #Hashimoto?
2️⃣Tem cura?
3️⃣Nódulos e cistos significam necessariamente que a glândula não produz #hormônios direito?
4️⃣#Iodo é necessário ou faz mal?
5️⃣#Alimentacao afeta algo?
6️⃣Há relação com as outras glândulas e #hormônios do corpo?
7️⃣Quem precisa de #T3 além do T4?
8️⃣Todo mundo precisa de ecografia? E biopsia?
9️⃣Quem pode acompanhar e tratar?
🔟Os #habitosdevida, o#EstiloDeVidaafetam a Tireoide? 👍Acesse e confira estas e muitas outras respostas – atualizei o link com o vídeo das perguntas e respostas de ontem!

Boa semana!

Ícaro Alves Alcântara
Médico
61 99646-7775 e 32349069
 
 
 

Comments

Deixe um Comentário

Enviar

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar