Dicas de Alimentos Saudáveis – BONS alimentos

Dica do Ícaro Hábitos Saudáveis Saúde

BONS ALIMENTOS

 

*** Atualizado em Fevereiro de 2015

 

Melhores ‪#‎alimentos do mundo – Dicas de alimentos saudáveis:

(“BONS alimentos”)

 

Hipócrates, considerado o pai da Medicina, já havia dito, centenas de anos antes de Cristo: “Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio”; ou seja: uma boa alimentação é fundamental para obter/manter saúde e no tratamento de toda e qualquer doença existente.

 

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), alimentos funcionais são aqueles que produzem efeitos metabólicos ou fisiológicos através da atuação de um nutriente ou não nutriente no crescimento/desenvolvimento/manutenção e em outras funções normais do organismo humano: o alimento/ingrediente que alegar propriedades funcionais, além de atuar em funções nutricionais básicas, irá desencadear efeitos benéficos à saúde e deverá ser também seguro para o consumo sem supervisão médica.

 

Segue abaixo lista de alimentos funcionais, com algumas das suas indicações principais para a saúde (não todas, é claro, ou o texto seria interminável); consumi-los em boa quantidade e com regularidade, preferencialmente sob boa orientação NUTRICIONAL (ou médica competente), decerto ajudará você a sentir-se melhor, obter/manter saúde e a tratar sinais/sintomas/distúrbios – Estão em ordem alfabética e NÃO de maior ou menor relevância:

 

–       Abacate ou avocado

–       Abacaxi

–       Açafrão

Rico em curcumina, é um dos agentes anticâncer mais estudados na atualidade, com sucesso, para utilização anti-câncer

Também é excelente antiinflamatório, bom adjuvante no tratamento das doenças reumáticas

–       Açaí

–       ÁGUA

–       Alho (e Cebola)

Antibióticos e imunoestimulantes naturais, também ajudam na circulação sangüínea

Destes, principalmente a cebola é rica em inulina, que serve de alimento para a BOAS bactérias do intestino

–       Aveia

Boa fonte de fibras e proteínas

–       Azeite de Oliva (Extra virgem é melhor)

Rico nas “boas gorduras” Ômega-9, ajuda a aumentar o “bom” colesterol, reduzir os triglicerídeos, emagrecer, melhorar o funcionamento intestinal, etc (na verdade, esta história de “boas gorduras” e “bom colesterol” praticamente não existe… Acesse o www.icaro.med.br e entenda)

–       Bananas

Energéticas, boas fontes de fibras e muitos nutrientes

–       Batata doce

–       Berries (Blueberries, Morangos, etc)

–       Canela

Excelente termogênico, ajuda a evitar e tratar o diabetes e também é um antiparasitário intestinal

–       Castanhas

Fontes de Ômegas (boas gorduras)

–       Cenoura

–       Chá verde

–       Chia (aveia é uma boa opção… um pouco mais “pobre” em nutrientes mas mais barata

–       Chocolate amargo (de 70% cacau pra cima!)

–       Côco (polpa, água e óleo)

–       Cogumelos (Shitake, Shimeji, Paris, etc)

Fontes de qualidade de fibras e “energia”, alem de muitos nutrientes

–       Erva doce

Ajuda na função intestinal, problemas com “gases” e a dar mais energia, além de ser um calmante natural e antioxidante

–       Fibras – *Sua importância geral já foi abordada no capítulo de alimentação

–       Grãos e sementes em geral (amaranto, quinua, chia)

Estes são alimentos muito promissores, já que são ricos em muitos dos nutrientes necessários, sobretudo proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos complexos), aveia, folhas, frutas, legumes, verduras (geralmente as cascas e bagaços são ricos em nutrientes), palmitos e brotos

Fundamentais à desintoxicação do organismo e bom funcionamento intestinal, além de reduzirem as calorias provenientes de refeições

–       Folhas verde escuras (agrião, brócolis, couve, espinafre, mostarda, rúcula e cia)

* As chamadas crucíferas (couve, couve-flor, couve de Bruxelas, brócolis e repolho) vêm sendo bastante estudadas, com sucesso, no apoio à prevenção e tratamento do câncer

–       Frutas cítricas

Fontes de fibras e vitamina C – Algumas, também de substâncias termogênicas (estimulam o consumo de gordura para gerar calor)

–       Gelatina

Rica em colágeno (evitar ao máximo corantes e demais aditivos químicos nela)

–       Gengibre

Termogênico, imunoestimulante, dá energia e é rico em fibras

–       Gergelim

Muito rico em sesamina, que é termogênica

–       Limão

–       Linhaça

Uma das melhores fontes de Ômega-3 da natureza

Fonte de fibras, de boas gorduras e de substâncias “pró-hormônios”

–       Maçã

Auxiliar em dietas bem sucedidas e melhora imunidade

Ajuda a regular o sistema nervoso e ajudar na prevenção da “fadiga mental”

Pelo seu teor de quercetina, ajuda a inibir a multiplicação de cânceres e na saúde do cérebro (prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas, como Parkinson, Alzheimer, etc – Nesta última, melhorando humor e comportamento do paciente), ajudando a protegê-lo do stress oxidativo

Ajuda na saúde do coração (ajuda a reduzir danos causados pelo LDL), saúde óssea e saúde muscular

Rica em flavonóides (encontrados em certas frutas, vegetais, chás, vinhos, nozes, sementes e raízes) e fibras (ajudando a atenuar sintomas respiratórios, como tosse crônica produtiva)

Rica em pectina, ajuda a melhorar a imunidade e nutrir BEM as boas bactérias intestinais

Gestantes que consomem maçãs têm menor chance de que seus filhos desenvolvam asma

Consumo freqüente reduz pressão, circunferência abdominal e chances de desenvolvimento de síndrome metabólica e diabetes

–       Mel (cuidado com o índice glicêmico!)

–       Ômega-3 : https://www.icaro.med.br/omega3-gordura-do-bem

Além de ser “gordura boa”, fundamental para o bom funcionamento cerebral, entra na composição da membrana de TODAS as células do organismo e é um antiinflamatório natural. Muito estudada para ajuda em “anticâncer.

Presente na linhaça, óleo de peixe, castanhas, abacate e peixes de águas frias (Salmão, atum, sardinha, bacalhau, etc)

–       Ovos: https://www.icaro.med.br/ovo-nao-faz-mal-como-falam-por-ai

–       Peixes

Ricos em proteínas de boa digestibilidade

(Sobretudo salmão e outros “peixes gordos”) – Ricos em Ômega-3, outra “gordura boa” fundamental para o corpo e cérebro

–       Quinua e amaranto

Ricos em proteínas de qualidade, carboidratos de uso/liberação lenta e minerais

–       Sementes de abóbora

–       Sementes oleaginosas (Nozes, amêndoas, castanha-do-pará, de caju, avelã, macadamia, …)

–       Temperos (como açafrão, orégano, alecrim, canela, erva doce, …)

–       Uvas (também sucos integrais concentrados delas) e vinhos (principalmente tintos)

Ricos em Resveratrol, substância muito estudada para antioxidação, antiinflamação, longevidade e auxílio “anticâncer”.

 

 

–       >>> Dicas de bons alimentos para #GESTANTES: Ovos, batatas-doces, castanhas, feijões/lentilhas, carnes magras, suco de laranja, iogurtes, aveia, folhas verde-escuras e salmão (Fonte: http://www.lef.org/news/LefDailyNews.htm?NewsID=11610&Section=NUTRITION&source=DHB_110907&key=Body+ContinueReading&utm_source=DHB_110907&utm_medium=email&utm_term=Nutrition&utm_content=Body%2BContinueReading&utm_campaign=DailyHealthBulletin)

 

 

 

Podem ajudar bastante (apesar de serem melhor caracterizáveis como “suplementos”):

–       Geléia real

–       Probióticos

–       Chlorella

–       Própolis (sobretudo o verde)

–       Kefir

 

 

 

Substituições/modificações básicas benéficas:

–       Reduzir carboidratos na dieta, em geral e consumir mais proteínas, gorduras e fibras, junto a bons hábitos de vida

–       Trocar batata inglesa por mandioca

–       Trocar arroz branco pelo integral

–       Evite a repetição por muito tempo de um alimento só (excessos): pode  gerar intolerâncias e até alergias (visite meu site e leia sobre elas)

–       Soja só traz benefícios se ingerida fermentada naturalmente: em outras formas facilmente interfere até com o equilíbrio hormonal

–       Prefira alimentos orgânicos, sempre: você NÃO precisa de mais aditivos químicos na sua vida

–       Evite margarinas – se nem formigas comem-na, você acha mesmo que farão bem para você?

–       Evite óleos vegetais (fora o de côco), a exemplo de soja, canola, milho, girassol, etc

–       Um limao espremido

–       Suco verde diariamente (várias receitas no www.icaro.med.br)

–       Glúten e leite fazem mal para a maioria das pessoas – veja como e por que no www.icaro.med.br

–       Troque o máximo do seu sal diário por Sal Rosa do Himalaia (ou pelo menos por Sal Potássico) – NÃO restrinja sal excessivamente da sua dieta ou poderá sofrer pelos efeitos da hiponatremia (sal baixo demais no sangue, algo comum hoje em dia)

– Cuidado com o “açúcar oculto”: nem toda fonte de açúcar é doce! Pães, bolos, massas, biscoitos, tortas, batatas, arroz branco, frutas (quando consumidas em sucos, sobretudo adoçados e sem as fibras naturalmente presentes)… Tudo isso é fonte de açúcar e este, fora do contexto do pré e pós imediato de exercícios físicos, traz inúmeros malefícios para a saúde, sobretudo por ser muito pró-inflamatório.

 

Comments

4 thoughts on “Dicas de Alimentos Saudáveis – BONS alimentos

  1. Oieee!!!

    Dro. Icaro .acho super bom seu trabalho tenho lido pots seus queria muito poder adquirir seu livro 11habitos em semanas amei ler esse guia..gostaria de saber como faço pra conseguir 4 deles pra presentear pessoas amadas…
    .
    .
    obrigada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *