Metabolismo “lento” e perda de peso difícil

Perguntas e Respostas

Metabolismo “lento” e perda de peso difícil

Olá X

O Conselho Federal de Medicina proíbe qualquer médico de fazer CONSULTA pela internet, ou seja, não-presencial, motivo pelo qual peço que me perdoe por não poder prescrevê-la ou mesmo solicitar exames mais aprofundados por aqui, ressaltando que julgo ser seu caso merecedor de tudo isso, bem como anamnese BEM completa.

Entretanto, vou ajudar “à distância” como posso, ok? Minhas dicas, portanto, para você “acelerar” o metabolismo com Saúde, mais “naturalmente”, são:

1 – Leia o conteúdo deste link (é claro – Ler e procurar, mesmo que aos poucos, seguir os conselhos):
https://www.icaro.med.br/category/metabolismo-acelerar-ou-modular/

2 – Leia também o conteúdo deste (mais uma vez, é claro: ler e procurar, mesmo que aos poucos, seguir os conselhos – Quanto mais forem seguidos, melhores e mais duradouros os resultados) – Entendamos todos que nenhum metabolismo fica inadequado quando o indivíduo adquire e mantém hábitos de vida saudáveis (se isso acontecer, o que é raro, há distúrbios que devem ser investigados e tratados, mais comumente de carências, intoxicações, hormonais ou de neurotransmissores):
https://www.icaro.med.br/category/habitos-saudaveis-de-vida/

3 – NÃO acompanhe seu caso tendo PESO como parâmetro! Afinal, só de evacuar e urinar seu peso pode cair até mais que um quilo… E aumentar na mesma proporção só por mera alimentação ou ingerir líquidos. Ademais, bons hábitos de vida ajudam a ganhar massa magra ao mesmo tempo em que se perde massa gorda: e músculos/ossos são mais compactos e pesam também! Em outras palavras, você pode estar perdendo gordura bem mais gordura que imagina mas a balança não acusa porque o aumento muscular também pesa. Para quem adota hábitos de vida melhores, os melhores indicativos de perda de peso com saúde são bem-estar associado a mais energia/disposição e entrar melhor nas roupas.

4 – Exames feitos habitualmente são, na minha opinião, “incompletos”: por exemplo no caso da avaliação hormonal: supra-renal influencia a tireóide que influencia a hipófise, que influencia as gônadas (glândulas reprodutivas) e assim por diante; só que os pacientes que fazem exames “por aí”, sempre acham que foram submetidos a check-ups ou investigações “completas” quando, por vezes, podem não ter sido avaliados/examinados realmente da forma mais completa, entendeu? Assim sendo, é importante saber quais são os exames “normais” para saber se são suficientes ou não. Ademais, os parâmetros de normalidade às vezes são diferentes dos que estão “no papel” de acordo com as queixas do paciente e áreas de atuação dos profissionais de saúde que avaliam-no, o que deve ser considerado.

5 – A função dos intestinos NÃO é “fabricar fezes” e/ou eliminá-las diariamente: os intestinos servem para absorver os nutrientes dos alimentos e “jogar fora” o que está no sangue mas o organismo não mais deseja; o resultado destas funções, o que “sobra” dentro do intestino grosso, é que forma as fezes, que são eliminadas por contrações intestinais. Por isso sempre digo: ir ao banheiro todos os dias é desejável mas não garante bom funcionamento intestinal: se há excesso de gases ou de distensão abdominal ou fezes mal-formadas, os intestinos muito provavelmente não estão funcionando direito.

6 – Nada substitui a adequação da dieta por um nutricionista (preferencialmente funcional) já que os seres humanos são diferentes e, como tal, têm necessidades diferentes para cada um e para cada momento de vida. Ou seja, fica minha sugestão de que você busque acompanhamento nutricional, ok?

Espero ter ajudado e vejo pelo seu relato que você está se esforçando… Por isso, parabéns e continue no caminho certo!

Um abraço,

Ícaro

X escreveu:

Bom dia Dr. Icaro
Lhe sigo no FB a algum tempo e gosto muito das seus textos me esclarecendo muitas duvidas, mas hoje gostaria de uma orientação.
Tenho 38 anos, 1,69m e 96kilos. Ha 6 anos engordei na gravidez quase 40 kilos e voltei a emagrecer logo a pos o parto, depois disso tive perda de emprego, meu pai faleceu e minha filha adoeceu gravemente. Fiz de tudo para emagrecer e nada.
Amanhã completa 1 mês que resolvi fazer algum exercicio fisico, caminho todos os dias na hora do almoço (hora em que me sobra tempo) num parque perto de onde trabalho e faço um pouco da academia do ar livre que é disponibilizado pela prefeitura de Y em parques.
Mudei minha dieta, passando a cortar carbo, não totalmente, a me alimentar mais de verduras, frutas, proteína da soja etc.
A balança desceu 2 kilos nesse 1 mes, mas gostaria de sua orientação para acelerar meu metabolismo, pq sinto que é devagar.
Meu intestino funciona normalmente, fiz varios exames e não tenho nada alterado, todos normais…

Fico grata pela sua atenção.

X

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *