Parcerias: sem real apoio mútuo, tô fora!

Artigos Dica do Ícaro Produtividade

PARCERIAS
(Sem real apoio mútuo, TÔ FORA!)

Nenhum ser humano nasceu para viver sozinho e bem sabemos que uma das coisas que mais adoece é o isolamento social, de companhias; portanto, todos nós PRECISAMOS de relacionamentos, nas mais diversas áreas: afetivos, de trabalho, familiares, etc;

Ocorre que relacionamentos ruins também prejudicam, adoecem, motivo pelo que “antes mal acompanhado do que só” é uma péssima opção, já que companhias “negativas” podem piorar qualquer situação, seja em corpo, mente ou até espírito (e a SAÚDE de todos nós depende de bem-estar nestes 3 quesitos fundamentais).

Por isso o ideal é que a maioria das relações na sua vida, fora aquelas em que você esteja ajudando alguém em franca necessidade, seja de PARCERIA: positivas e produtivas para ambos os envolvidos que, ativamente, buscam o melhor para si E para seus parceiros.

PARCERIA portanto, é simbiose: todos os envolvidos lucram pela ajuda MÚTUA e empenham-se por obte-la e fornece-la; em última análise, real parceria é fazer o BEM por todos os envolvidos e assim, naturalmente, obter o Bem.
Vejamos o que NÃO é parceria:

– Parceiro-Predador: quer benefício para si necessariamente às custas de franco prejuízo do “parceiro” (ou até extermínio) da “presa” – é aquela pessoa ou empresa que oferece parceria aparentemente benéfica para você mas, na verdade, se você não se cuidar acaba por te deixar na pior e sequer preocupa-se se arruinar você.
– Parceiro-Parasita: oferece mundos e fundos e só traz algum benefício quando você pode oferecer algo em troca “imediatamente”; quando você passa por dificuldades e não tem mais o que oferecer, perde o “apoio”, que na verdade era só divisão de lucros e nunca contemplou cooperação nos “prejuízos e dificuldades”.

Quando você estabelece e deixa ficarem na sua vida parceiros(as) ruins, você não só acaba sem recursos, tempo e energia e com dificuldade de obte-los: os projetos juntos pouco ou nada funcionam ou resultados não perduram por muito tempo; por isso parte da sabedoria da vida é buscar (triagem) bons parceiros e fortalecer as reais parcerias.

Compreendamos, entretanto, que mesmo bons parceiros passam por períodos melhores e piores, de dificuldades e períodos em que estão em posições de ajudar em determinadas áreas, altos e baixos, como é natural na vida humana. E reais parceiros sabem contemplar isto e exercitar compreensão, algo ainda mais fácil quando a parceria é entre reais cristãos, praticantes dos ensinamentos de Jesus. Até porque parceiros sabem que querem ser parceiros para a vida toda (afinal, é difícil encontrar bons parceiros, certo? Melhor mantê-los, pois) e não só por curto período de tempo ou para “projetos” pontuais.

Em 2016 busquei nutrir BOAS PARCERIAS em todos os aspectos. E exercer compreensão e tolerância para com imprevistos e “ocorrências da vida”; e decerto demandei dos reais parceiros o mesmo para comigo nestas situações, temporárias. Peço desculpas pelas minhas eventuais falhas e reitero que todo parceiro para quem eu deva algo, alguma reparação de qualquer forma, isto será feito, como pessoa de bem que sou; e como para mim “missão dada é missão cumprida”, todo compromisso assumido será devidamente quitado tão logo seja possível! Mas é aqui que reside a diferença, já que as dificuldades é que revelam o real caráter das parcerias na nossa vida (as pessoas mostram quem realmente são, sob stress…) – todos receberão “o que é devido e justo” mas permanecem para 2017 e daí para frente só as realmente BOAS PARCERIAS, seguindo estritamente a Lei de Sintonia do Universo: A gente atrai o que EMITE, recebe da vida o que dá para ela.

Afinal, Quem não sofreu comigo na batalha, não merece estar ao meu lado na vitória. Pura justiça, não? A gente SEMPRE colhe o que planta e a vida de todos nós tem altos e baixos… Desejo que suas condutas garantam-lhe, pois, o devido apoio quando os revezes da vida vierem! #simplesassim

Uma boa existência para todos nós, mantendo apenas PARCERIAs que valham a pena, sob as bênçãos de Deus! Para as demais, que Ele exercite sua Justiça e sua Misericórdia!

Ícaro Alves Alcântara
Médico – Brasília/DF
? http://ICARO.med.br/

 

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *