DHEA e Melatonina – Quem está envelhecendo, precisa conhecê-los

Como prescrevo muito ambas as substâncias (são hormônios) para meus pacientes, usualmente com excelentes resultados (é claro, quando a história clínica e exames indicam necessidade; e lembremos que os efeitos benéficos podem variar de um paciente para o outro, até porque cada organismo tem suas particularidades) E os níveis das 2 costumam cair progressivamente a partir dos 30 anos de idade (ainda mais em quem tem hábitos de vida ruins, sobretudo má nutrição e muito stress), alguns detalhes sobre elas

Continuar lendo...