Tireóide e seus T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina)

Artigos Categorizar Dica do Ícaro Emagrecimento Hábitos Saudáveis Hormônios Liga da Saúde Minha Opinião Mitos em Saúde Perguntas e Respostas Produtividade Saúde Stress Suplementos Vídeos

*ATUALIZADA em Janeiro/2020 *

 

ANTES DE CONTINUAR, acesse os videos e texto em: www.icaro.med.br/HIPOTIREOIDISMO

e os posts abaixo

(sequencia de posts no Instagram.com/DrIcaroAlves de Julho/19)

MAS

Não deixe de conferir este link APÓS saber a base:

HIPOTIREOIDISMO – Alguns aspectos para você refletir sobre…

 

Post 1:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

Por exemplo, um #hipotireoidismo que está mal abordado, diagnosticado e/ou tratado e que pode estar causando ou agravando vários dos seus #sintomas e #doenças?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:
1 – A BASE para você saber o que é a TIREOIDE, esta glândula fundamental para o #metabolismo de todas as células do corpo, conhece-la melhor e obter dicas gerais para lidar melhor com a #saúde dela você encontra aqui: www.icaro.med.br/CuriosidadesTireoide e www.icaro.med.br/TIREOIDE

2 – HIPOTIREOIDISMO é o distúrbio mais comum da tireóide e pode causar ou agravar tudo isto aqui (e muito mais): #cansaço, retenção de líquidos (#inchaço), #infertilidade#constipação#memória ruim, baixa imunidade, dificuldade para #emagrecer#quedadecabelos, unhas fracas,…

3 – MUITA gente por aí não sabe que tem hipotireoidismo (ou seja, existem muitos pacientes “sofrendo” ainda sem diagnóstico): será o SEU caso?

4 – Muitas pessoas já têm o diagnóstico de hipotireoidismo mas têm seu “tratamento” baseado quase que unicamente em ajustes da dose mensal do #T4 que usam (#Levotiroxina = #Puran ou #Euthyrox ou #Synthroid ou #Levoid): isto constantemente falha em controlar direito e suficientemente o hipo.

 

5 – O diagnóstico (e acompanhamento) de hipotireoidismo não deve ser só baseado em alterações de exames: o quadro clínico detalhado sentido/informado pelo paciente é o mais importante! Sim: nem todo hipotireoidismo “aparece” nos poucos exames mais convencionalmente solicitados em consultório.

 

6 – A maior parte dos problemas de tireóide acontece em mulheres. Sabia disto?

 

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca!

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 

 

Post 2:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia o post anterior, para informações importantes já fornecidas

1 – A maioria dos sintomas relacionados ao hipotireoidismo é erradamente confundida por boa parte dos profissionais de saúde com “coisas da idade”, que o paciente “deve meramente aceitar, aprender a conviver e seguir em frente”

 

2 – O #Hipertireoidismo frequentemente é suspeitado porque os pacientes referem um ou mais destes: #taquicardia, #arritimia, #osteopenia / #osteoporose (mais sobre em www.icaro.med.br/SaudeDosOssos), hiperglicemia e #ansiedade (mais sobre em www.icaro.med.br/Ansiedade)

 

3 – #Iodo é fundamental para o funcionamento adequado da tireóide E a carência deste mineral na alimentação é algo relativamente comum

 

4 – A função primária dos #hormônios (www.icaro.med.br/Hormonios) da Tireóide é regular, nos tecidos onde atuarem, a taxa de conversão de #oxigênio e #calorias em #energia – por isso são fundamentais para o ajuste adequado do #Metabolismo

 

5 – Em geral o mais saudável é você não conseguir perceber facilmente sua tireóide ao tentar toca-la

 

6 – Ter nódulo na tireóide não significa que ele vai prejudicar sua produção hormonal

 

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca!

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 

 

 

Post 3:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide, para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – A exposição a baixas temperaturas, em pessoas com boa saúde básica (www.icaro.med.br/SAUDE), pode estimular o #hipotálamo, no #cérebro (www.icaro.med.br/Cerebro) a produzir mais #TRH, que incentiva a #hipófise a produzir #TSH, que estimula a tireóide a produzir sobretudo o T4 que, quando convertido perifericamente em T3 (www.icaro.med.br/T3), ajuda a manter-nos aquecidos(as), entre várias outras funções;

 

2 – Por este motivo pessoas que habitualmente “sentem mais frio que as outras” podem ter algum grau de hipotireoidismo.

 

3 – Muitos casos de “hipotireoidismo” na verdade não são por problemas na tireóide: nestas situações o paciente exibe sintomas de hipo mas de fato ou não está convertendo direito T4 em T3 nos tecidos ou seu T3 não está tendo onde encaixar direito, para atuar (hormônios somente agem quando “encaixam” em receptores específicos – entenda em www.icaro.med.br/Hormonios).

 

4 – Níveis altos de #cortisol, o chamado “#hormônio do #stress”, reduzem os níveis de TRH, TSH, T4 e T3 – ou seja: #estresse mal administrado pode causar ou agravar hipo!

 

5 – A Tireoide precisa de #Iodo e do aminoácido #Tirosina para produzir seus #hormônios.

 

6 – As enzimas de conversão de T4 em T3 no corpo dependem do mineral #Selênio (ele faz parte delas) e esta conversão também é prejudicada por outras deficiências nutricionais, drogas e intoxicações.

 

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca!

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 

 

Post 4:

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide (também em www.icaro.med.br/TIREOIDE), para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – O T4 pode ser convertido perifericamente em #T3reverso, que é uma forma inativa de #hormônio da Tireoide: onde ele encaixar, bloqueará os receptores celulares do T3 e assim localmente o T3 do paciente não tem como agir;

2 – Todos produzimos diariamente quantidades variáveis de T3reverso (T3r) mas quando elas ficam altas demais o paciente pode até ter níveis “normais” de TSH, T4 e T3 mas tenderá a exibir sintomas de #hipotireoidismo (www.icaro.med.br/Hipotireoidismo) porque o T3 não tem como atuar direito!

3 – São raras as avaliações por #profissionaisdesaude que dosam o T3r ou valorizam-no;

4 – Vários fatores podem fazer o organismo converter mais T4 em T3r que em T3 (www.icaro.med.br/T3) OU produzir menos T4 OU converter menos T4 em T3: #habitosdevida ruins (www.icaro.med/br/12Passos), carências nutricionais, intoxicações, deficiências hormonais (www.icaro.med.br/Modulacao), etc

5 – 99% dos hormônios da tireoide circulam no sangue ligados a proteínas carreadoras MAS só a fração “livre” é metabolicamente ativa (por exemplo, dosa-se T4 e #T4livre nos exames);

6 – Quanto mais proteínas carreadoras, menor disponibilidade de “hormônios tireóideos livres para agir”, o que pode ser outra causa de sintomas de hipo; alguns fatores que elevam os níveis de proteínas carreadoras são: uso de #anticoncepcionais hormonais, #gravidez e uso de produtos hormonais não-bioidênticos os não-isomoleculares (www.icaro.med.br/Hormonios).

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca!

Boa semana

Ícaro Alves Alcântara
Médico
[email protected]
61 996467775 e 32349069
www.icaro.med.br/SAUDE
www.icaro.med.br/ISD

 

 


 

 

Post 5:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide (também em www.icaro.med.br/TIREOIDE), para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – No #Hipertireoidismo o corpo (e até as atividades mentais) sofrem por aceleração excessiva do #metabolismo (velocidade e qualidade de funcionamento), podendo levar por exemplo a perda excessiva de peso (incluindo massa #magra), taquicardia, sudorese intensa, #nervosismo, #ansiedade, irritabilidade, etc.

 

2 –1% da população sofra com hipertireoidismo, sendo que muito nem sabem que têm; estima-se que cada vez mais pessoas desenvolvam-no, já que o excesso de #stress e/ou lidar mal com ele estão entre as principais causas ou agravantes do hipertireoidismo.

 

3 – O raro hipertireoidismo extremo é chamado de tireotoxicose e é uma emergência médica, podendo incluir febre, #exaustão, #hipertensão e chega a ser fatal em 50% dos casos.

 

4 – Podem levar ao hipertireoidismo: Doença de Graves (produção excessiva de anticorpos contra a própria tireóide, muitas vezes associada ao #estresse excessivo sustentado) inflamações da tireóide (#tireoidite) e ingestão excessiva de #iodo (raro).

 

5 – Excesso de hormônios tireóideos aumenta muito a perda do aminoácido L-carnitina pela urina, muito importante para a geração de energia, funcionamento cerebral e muscular, queima de gordura, etc

 

6 – Os tratamentos convencionais mais comuns para o Hipertireoidismo são: drogas para inibir a produção de T3, destruição/remoção da parte “hiper-reativa” da glândula e #remédios para os #sintomas (pressão alta, taquicardia, ansiedade, etc): pouco tem sido feito convencionalmente para investigar as causas do hiper e tentar agir nelas.

 

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca!

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 


 

Post 6:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide (também em www.icaro.med.br/TIREOIDE), para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – Toda vez que a tireóide deixa de produzir hormônios suficientes (sobretudo o #T4), que pouco T4 é convertido em T3 nos tecidos (o hormônio ativo – www.icaro.med.br/T3) OU que o T3 não consegue agir direito em seus receptores, o #metabolismo (www.icaro.med.br/Metabolismo) cai, fica lento, insuficiente: o resultado final destas condições é comumente chamado de #Hipotireoidismo (www.icaro.med.br/Hipotireoidismo), mesmo quando “o problema” não necessariamente é na própria tireóide.

 

2 – Os principais sintomas de Hipotireoidismo são:

#Fadiga

#Fraqueza

Sensibilidade Excessiva ao Frio

#Constipação

#GanhoDePeso

Pele seca

#QuedaDeCabelos (www.icaro.med.br/QuedaDeCabelos)

Ressecamento e afinamento dos #cabelos

#Cãibras #musculares

#Depressão (www.icaro.med.br/Depressao)

Piora do funcionamento #cerebral (www.icaro.med.br/SaudeCerebral)

 

3 – De cada 10 casos de Hipotireoidismo, 9 são em mulheres.

 

4 – Existe o #HipotireoidismoSubclinico, onde o #TSH está alto mas os níveis de T4 e T3 estão dentro do “normal” (entenda este conceito em www.icaro.med.br/Exames).

 

5 –   Quase 10% das mulheres apresenta hipotireoidismo subclínico mas, após os 60 anos de idade, este número dobra.

 

6 – TSH acima de 2 microUI/ml já pode indicar uma tireóide funcionando abaixo do que deveria!

 

7 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca.

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 


 

Post 7:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide (também em www.icaro.med.br/TIREOIDE), para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – Estudo publicado no #Lancet mostrou que vários níveis de #TSH dentro do considerado “normal” por aí estão associados a complicações em saúde:

– TSH > 2 microUI/ml: risco aumentado de desenvolver #hipotireoidismo nos próximos 20 anos e risco aumentado de desenvolver tireoidite autoimune

– TSH entre 2 e 4: se há colesterol elevado (comum), costuma ser controlado com a reposição de T4

– TSH acima de 4: maior risco de doença cardíaca

 

2 – Outro estudo mostra que cerca de 40% das pessoas está tomando doses “erradas” de #T4: cerca de metade ingerindo excesso e metade ingerindo subdoses

 

3 – #Hipotireoidismo comumente causa ou agrava as seguintes condições: problemas gastrintestinais, #depressão (www.icaro.med.br/Depressao) e doenças psiquiátricas, declínio cognitivo, doença cardiovascular, pressão sanguínea aumentada (www.icaro.med.br/hipertensao), #colesterol elevado (www.icaro.med.br/Colesterol) e #aterosclerose, aumento dos níveis de #homocisteína, aumento da proteína C reativa (marcador inflamatório), síndrome metabólica, problemas no aparelho reprodutor, #fadiga e #cansaço (www.icaro.med.br/Exaustao)

 

4 – Basicamente, são exames interessantes para avaliar a #TIREOIDE de maneira mais completa: TSH, T4 e #T3 (principalmente as frações livres), #T3reverso (www.icaro.med.br/T3), anticorpos (anti-TPO e anti-tireoglobulina), ecografia da tireóide (se encontrados nódulos e similares, com doppler) e medidas seriadas da temperatura basal; só lembre-se que nenhum destes exames, isoladamente, confirma ou exclui o diagnóstico de problemas na tireóide ou envolvendo seus hormônios (www.icaro.med.br/Hormonios)

 

5 – Sobre exames para avaliar a tireoide e seu funcionamento: https://info.icaro.med.br/exames-para-avaliacao-da-tireoide-o-que-voce-precisa-saber/

 

6 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca.

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 


 

Post 8:

 

Será que você tem problema na #TIREOIDE ou no funcionamento adequado dos seus hormônios mas não sabe?

 

Para ajudar na questão, acho importante você saber e considerar:

 

0 – Leia os posts anteriores sobre tireóide (também em www.icaro.med.br/TIREOIDE), para acessar as informações importantes já fornecidas.

1 – Hipotireoidismo reduz a motilidade (funcionamento dos músculos da parede) dos intestinos e isto pode causar ou agravar #constipação (intestino preso); também pode reduzir a motilidade do esôfago, o que causa ou agrava dificuldade em engolir, queimação, indigestão, náuseas e até vômitos. Toda esta dificuldade digestiva leva ao supercrescimento bacteriano no intestino delgado, que acaba causando desconforto e distensão abdominais e gases/flatulência (www.icaro.med.br/SaudeIntestinal).

 

2 – Transtorno do pânico (www.icaro.med.br/ansiedade), #depressão (www.icaro.med.br/Depressao), transtorno bipolar e piora na cognição (performance cerebral – www.icaro.med.br/SaudeCerebral) são comumente associadas ao Hipotireoidismo; mais de 70% dos pacientes que respondem mal aos antidepressivos tem fortes chances de ter um funcionamento insuficiente da tireoide e/ou dos seus hormônios.

 

3 – Pacientes com baixo funcionamento da tireóide ou dos seus hormônios frequentemente experimentam diversos sintomas de piora do funcionamento mental, a exemplo de pensamento lento, processamento “atrasado” das informações, dificuldade de lembrar nomes, etc (www.icaro.med.br/SaudeMental) e facilmente podem ser erroneamente diagnosticados como depressivos; pacientes com hipotireoidismo subclínico, por exemplo, mostram sinais de redução da memória de trabalho e da velocidade e eficácia do processamento sensorial e cognitivo

 

4 – Nos próximos posts vou abordar ainda mais sobre a #SaúdeDaTireóide, visando ajuda na SUA saúde. Acompanhe e não perca.

 

Boa semana

 

Ícaro Alves Alcântara

Médico

[email protected]

61 996467775 e 32349069

www.icaro.med.br/SAUDE

www.icaro.med.br/ISD

 


 

Tireóide e seus T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina) – Por que mal se fala do T3 no Brasil e muitos (até “consensos” por aí) até contraindicam-no??

 

Primeiramente, leia isto:

3 mitos em Saúde – Tratamento do Hipotireoidismo

 

Leu? Entendeu? Então prossiga:

Eu sempre quis entender por que a maioria dos médicos, sobretudo endocrinologistas, mal fala do T3 para avaliação e tratamento de problemas da TIREÓIDE se esta nobilíssima glândula produz ambos E quando todos sabemos que é o T3 mais de 5 vezes mais potente e ativo que o T4 no organismo… E também entender por que você consegue T3 bioidêntico manipulado ou no exterior (Armour, por exemplo) mas não no Brasil…

 

Conversando com uma experiente e competente farmacêutica, ELA me explicou que:

– A indústria farmacêutica não consegue “estabilizar” o T3 a ponto de fazer com que dure anos em um comprimido ou cápsula, assim tendo “prazo de validade” que obedeça ao mínimo indicado pela legislação brasileira; assim sendo, a indústria farmacêutica NÃO tem como fabricá-lo e assim lucrar com ele pela sua venda em medicamentos por ela patenteados;

– Muitos médicos são atualizados “pela indústria farmacêutica”, direta ou indiretamente: artigos entregues pelos representantes de laboratório em consultório, congressos médicos (adivinhem quem são os principais patrocinadores destes?), livros médicos (muitos “patrocinados” pela indústria citada, diretamente ou via patrocínio “dos seus autores” e suas “pesquisas”), consensos/diretrizes “oficiais” (nos bastidores, muitas vezes, quem pode estar…); ou seja, cada um assume como verdade aquilo a que tem acesso, por vias que julgue “confiáveis”…

– Se só as farmácias de manipulação (que podem lidar com prazos de validade BEM menores) podem manipular e lucrar com o T3, acha mesmo que a indústria farmacêutica iria falar bem dele? Mesmo que seja efetivamente BOM para vários casos, sobretudo quando boa parte dos pacientes com hipotireoidismo não converte adequadamente o T4 em T3 (por exemplo, comprovado em estudo de Harvard de 2009, com voluntários)?

 

Ou seja: o que me foi explicado é que a indústria farmacêutica (até em virtude de inúmeras evidências científicas internacionais, suficientes) sabe que o T3 seria útil em vários casos de hipotireoidismo (onde muitos pacientes podem até tomar quantidades altas de T4 mas terem pouco T3 para agir no organismo, por baixa conversão, assim persistindo sintomas de hipotireoidismo) mas que pensando apenas nos lucros com a venda do T4 age nos bastidores para que o T3 não só seja “esquecido” mas mesmo de uso contraindicado via consensos oficiais!

 

Acredito MESMO ser lógico e verdadeiro tudo isto; e vocês?

 


 

Quando o assunto é HIPOTIREOIDISMO, entenda:

– Muita gente tem e não sabe

– Pode causar ou manter/agravar muitos sintomas e doenças

– Muitos pacientes têm avaliação INCOMPLETA ou até inadequada das suas tireóides, hormônios por ela produzidos e seus efeitos em corpo e mente – isto acaba gerando tratamentos insuficientes ou até errados, por vezes

– Tratar direito Hipotireoidismo é muito mais que “só” passar Puran, Euthyrox, Synthroid ou Levoid (e similares, Levotiroxina Sódica) para os pacientes

 

Quer saber isto e bem mais?

Então assista os vídeos abaixo, ATUALIZADOS, sobre o Assunto #HIPOTIREOIDISMO.

 

Sugiro que assista todos:

 

Vídeo 1 (Julho/2017)

No Youtube (link Principal):

No Facebook (sem edição):

 

 

Vídeo 2 (Setembro/2016)

No Youtube (link Principal):

No Facebook (sem edição): https://www.facebook.com/DrIcaroAlves/videos/1415638428463621/

 

Alguns aspectos abordados nos vídeos:

– Muitos casos de hipotireoidismo por aí, sobretudo em mulheres

– Muitos sintomas ou doenças tratados com remédios quando, na verdade, são causados ou agravados por hipotireoidismo

– Detalhes sobre a tireoide, onde fica, para que serve, como funciona, quem controla, o que produz:

Produz sobretudo T4 e pouco T3

Função FINAL da atuação da tireoide: produzir T3 para o organismo (via T4 que produz e é convertido em T3 no corpo!)

– O que é Hipotireoidismo? Carência de T4 (que vai virar pouco T3) ou direto a carência de T3!

– Quem pode diagnosticar e tratar (não só endócrinos!)

Busque profissionais que vão além de só passar T4 e aumentar doses, que diagnosticam Hashimoto mas nada fazem para melhorar/impedir progressão, que não valorizem o contexto e demais fatores que afetam

– Sintomas de Hipo:

– Cansaço

– Constipação

– Dormir demais, sonolência diurna

– Tristeza ou depressão (afeta também serotonina) e também irritabilidade e ansiedade

– Cabelos caindo e unhas quebradiças e pele seca

– Ganho repentino e peso (que pode ser água e gordura!)

– Frio constante ou demais

– Queda na libido

– Dor muscular e fisgadas repentinos, sem motivo aparente

– Bradicardia

– Confusão mental, lentidão, distúrbio de memória

– Pressão alta (mucina, excesso de colesterol/triglicerídeos)

– Aumento no apetite e mudança nos gostos alimentares (buscar mais energia nos alimentos)

– RARO: Só em casos mais avançados – Desconforto no pescoço e garganta

– Hábitos de vida

– Tirosina, Iodo, Ferro, Cobre, Zinco, Selênio

– Papel de outros hormônios: leptina, progesterona, Testosterona

– Metais pesados – tóxicos (e até o flúor)

– Exames para diagnostico – De tireoide e correlatos diretos (TSH, T3l, T3r, T4l, tiroglobulina, anti-TPO, anti-tireoglobulina)

– Imagem? Nódulos e cistos não necessariamente afetam função da tireoide!

– Nível do TSH ideal – no Brasil  x  restante do mundo

– Temperatura corporal de manhã acima de 36,6 graus – OK?

 

Aprenda isto e muito mais!

 

Acesse: www.icaro.med.br/?s=HIPOTIREOID

 

Acesse tb, de Agosto 2018:

Comments

113 thoughts on “Tireóide e seus T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina)

  1. Tenho linfedema no membro inferior esquerdo, os médicos nunca descobriu a real causa, mas não desisti de buscar tratamento, nesta especialidade há uma resposta para isto?

  2. dr. Icaro, qual seria a marca melhor da vitamina d3? existe uma dosagem mínima para se ingerir diariamente? ou apenas após um exame laboratorial ? e qual seria a especificação pra gente pedir em um exame de laboratório? de sangue? qual seria o detalhe para constar ? Muito grata.

    1. Olá

      Até manipulada em boa farmácia é boa, a vitamina D3.
      A dosagem mínima varia de um paciente para o outro, seu caso e exames.
      Usualmente solicito como Vitamina D3-25-OH

      Boa semana

  3. Concordo 100% com a matéria. Tenho hipotireoidismo bem como meu irmão. Eu faço uso de T4/T3 bioidêntico e meu irmão usa somente T4 sódico. Ele não abre mão de seguir o que o médico diz e não usa os mesmos fármacos que eu. O resultado é que atualmente meu TSH é 0,5, me sinto magnificamente bem, meu T3 reverso é baixíssimo enquanto ele, meu irmão, fica nos níveis 3,0~3,5 de TSH.
    Eu acrescentaria neste excelente artigo somente a ignorância de alguns médicos que colaboram com essa safadeza absurda da indústria farmacêutica e as excrescências da ANVISA.

    1. Dr. Ícaro

      Primeiramente parabéns pelo site e pela matéria! Muito esclarecedora.

      Carlos Alberto:

      Será que você poderia me indicar esse médico onde você faz os tratamentos com hormônios T3/ T4 bioidênticos?

      Eu fiz tireoidectomia total em 2005 e demorei a ajustar os níveis do TSH. Eu acredito que minhas taxas do T3 e T4 podem até estar dentro da normalidade visto os padrões estabelecidos nas análises de exames sanguíneos. Porém acho que dá pra melhorar se tentar fazer a reposição dos 2 hormônios invés de apenas o T4.

      O fato é que os sintomas de hipotireoidismo ainda persistem na minha rotina diária. E agora gera uma dúvida se realmente é problema hormonal ou se é uma depressão que vem se instalando, já que muitos dos sintomas entre essas duas doenças são iguais.

      Antes de iniciar o tratamento para depressão queria mesmo me certificar de que os hormônios tireoidianos estão 100% ajustados ou perto de.

      Muito obrigada!
      Tatiana.

      1. Olá, tatiana!

        Uso t4 combinado com t3.
        Comecei pq senti demais psicologicamente (depressão) a retirada da tireoide.

        Posso te dizer que ajudou e muito, viu?! Acho que valia a pena você tentar, antes de partir para tratamento com anti depressivos.

        Sei que cada pessoa reage de um jeito. Para alguns é ótimo, para outros não faz muita diferença.

        Abraço.

        1. Qual a dosagem do t3 e t4 combinado quevc toma ou tomava? E qts vezes por dia?

  4. Dr. Icaro, pelo que entendi os médicos não pedem ou cogitam a possibilidade de realizar se há uma boa qtd de T3 por exames. Como devo solicitar esse tipo de exame sem que médicos me neguem, já que até nisso parecem que estão dificultando?!

    1. Olá

      Muitos médicos realmente não aceitam isto mas não tenho formas eficazes para te propor neste sentido, a não ser boa conversa, bem embaçada, de sua parte…

      Boa semana

  5. Doutor Ícaro,
    quando mais nova tive hipotiroidismo, tratei durante um tempo com doses pequenas de um medicamento e depois de alguns exames realizados, o diagnóstico foi de que não estava mais com alteração do hormônio.
    Hoje faço um tratamento para emagrecer e dentre os componentes da fórmula que tomo esta presente o T3. Fazer o uso do medicamento pode acarretar em algum problema, já que atualmente eu teoricamente não tenho mais hipotiroidismo??
    Depois de 4 meses de tratamento para emagrecer fiz um exame de sangue e os resultados foram
    TSH: 0,07 e T4: 0,48.
    Isso é problema? Devo me preocupar com esses valores? Terei problemas posteriores ao tratamento relacionado a tireoide?
    Por favor me tire essa dúvida,
    Att

    1. Olá Carla

      1 – Não posso opinar sobre adequação do tratamento sem conhecer seu caso e exames a fundo. Desculpe, não seria ético.

      2 – Creio que você tenha que ler melhor sobre T4 e T3 no site…

      Boa semana

  6. Concordo totalmente com a matéria.
    Infelizmente trabalhei uma época da minha vida na indústria farmacêutica e vi uma parte do que acontece nesse mercado.

    É assustador e triste.

  7. Dr Ícaro,

    Certa vez um endocrinologista me disse que não recomenda a manipulação de T4 por conta da quantidades dos elementos da fórmula exigirem altíssima precisão (por exemplo, na ordem de microgramas). Segundo ele, muitas farmácias de manipulação não possuem equipamentos adequados para isso. Uma vez que uma das principais formas de usar T3 aqui no Brasil é via manipulação e supondo que as quantidades dessa substância também são medidas em microgramas, como o Sr. vê essa questão? Acredita que as farmácias de manipulação têm equipamentos para produzir adequadamente medicamentos com T3?

  8. Caro Dr. Ícaro,

    Tenho hipotiroidismo e tomo Puran T4 (125 mcg) diariamente. Embora ao longo dos anos o nível de T4 livre fique dentre dos limites recomendados, o meu TSH com frequência fica acima do valor de referência (5,0 mUI/ml). Isso é um indicativo de que o tratamento não está adequado ou de que o meu organismo não está convertendo adequadamente o hormônio? Ou é normal que mesmo com o tratamento o TSH fique alto?

    Obrigado!

  9. Olá Dr. Ícaro, tenho hipotireoidismo e tomo Levoid mcg 88. Durante o meu cotidiano observo que tenho alguns efeitos colaterais, não sei se seriam decorrentes ao medicamento ou a própria doença. Tenho muito inchaço nas pernas, sonolência, fadiga e metabolismo extremamente lento. Gostaria de saber se eu passasse a ingerir T3 conseguiria amenizar esses sintomas e se mesmo ingerindo o T3 tenho que continuar com o medicamento que faz a reposição do T4. Outra dúvida é sobre a troca de medicamentos, gostaria de trocar o Levoid pelo Puran T4, será que posso realizar essa troca sem correr riscos?

    Desde já, obrigada.

  10. Ola Icaro, gostaria de saber o que posso fazer, suplementar, adicionar para meu caso pois tenho TDAH depois de um diagnostico
    feito pela psicologa, depois de 6 anos de consultas, fiz o uso da ritalina e parei por que simplesmente criei foco e me dei bem nos estudos
    no primeiro trimestre de uso depois so ficava aumentando a dosagem e mesmo assim nao sentia aquele foco de antes sabe, percebendo que estava sendo prejudicial,
    entao .. leio muito seu blog o de Victor Sorrentino, as palestras de Lair Ribeiro e o que poderia fazer pra criar foco?
    estou mal na faculdade, com hipotireoidismo com 2 nodulos, hemorroidas, gastrite (detalhe mudei a alimentação e parei de tomar o omeprazol e estou me sentindo muito melhor ja que ele alivia por um curto momento)
    mas preciso de foco, estava com 105kg agora estou com 94 tenho 1,78, estou gordinho ainda rs mas estou lutando para emagrecer nao esta sendo facil talvez pelo hipotireoidismo ou pelo sono horrivel que tenho e durmo as vezes 8 9 10 horas
    e parece que dormi 2 horas, as vezes por dormir demais perdi varias provas na faculdade e não sei o que fazer, e o pior a medica esta me receitando t4 (puran) 50 mcg e não esta receitando o iodo (lugol a 5%) nem sei como conversar com ela a respeito disso.
    muito grato.

  11. Dr. Fui diagnosticada com Hipotiroidismo Subclínico, e então passei à tomar Levoif 25 mcg.
    Comecei a ter reações devido ao medicamento, como: falta fe ar, dores nas articulações, musculares, taquicardia, palpitações, dores finas parecendo finromialgia, fadiga, desrregulou meu ciclo menstrual, prostração. .. fiquei mal.
    Mas só percebi que era o levoid dp de quase 2 meses, e qdo parei os efeitos foram diminuindo
    . Resumindo, tenho Artrite Reumatóide à quase 3 anos (controlada), e qdo pequena tive asma.
    Como vou tratar o hipotireoidismo, se o hormônio me faz mal?
    Teria outras opções?

    1. Olá

      Conforme já disse aqui, por mais que eu queira (mesmo!) ajudar todo mundo, NÃO posso “consultar à distância”, por proibição do CFM… E algumas dúvidas demandariam conhecer a história do paciente, examiná-lo, seus exames complementares (como no seu comentário) e por vezes até indicar medicamentos/suplementos e suas doses: ou seja, uma consulta!

      Assim sendo, o que posso dizer à distância está nos artigos deste site, como este e demais que você pode pesquisar na Sala de Artigos (área de pesquisa no canto superior direito), ok? Desculpe-me por não poder ajudar mais…

      Boa semana!

      Dr. Ícaro

  12. Bom dia.
    Faço uso de levotiroxina sódica 112mcg. Quero mudar para o uso de t-3, como indicado no artigo.
    Existe uma dosagem específica que devo começar?
    O uso de lugol ajudaria em algo?

    Bom domingo

    1. Olá

      Dosagens devem ser definidas junto ao seu médico, em acompanhamento presencial.

      Quanto ao Lugol poder ajudar, sim, em vários casos pode ajudar: deve ser visto isto através de anamnese e exames.

      Boa semana

  13. Desde os 21 anos convivo com o sobrepeso. Faço acompanhamentos anuais, todos os check ups necessários e a “causa” do sobrepeso, chegando ao limite da obesidade pelo meu IMC, sempre foi associado ao meu estilo de vida. Para eu perder peso eu preciso praticar atividade aeróbica intensa (o que não posso em função de uma ruptura no LCA do joelho esquerdo e atual bursite no quadril, totalmente associada ao sobrepeso). Eu só consigo perder peso se fizer uma dieta quase que exclusivamente protéica e com atividade física intensa. Ano passado fiz, mais uma vez, tratamento para perda de peso, com wellbutrin e sibutramina. Nos primeiros meses consegui ótimos resultados, mas hoje, passados 12 meses, estou com o mesmo peso de antes do tratamento. E isso se repete… faço uma dieta restritiva, tomo medicamentos para diminuir o apetite e depois… tudo volta ao normal.

    Entendo, obviamente, que a atividade física é importante e eu, de fato, trabalhando quase que diariamente com jardinagem (trabalho muscular intenso, porém nem sempre muito aeróbico), não consigo manter essa prática na minha rotina diária. Minha mãe tem tireodite de hashimoto e no ano passado eu tive algum processo inflamatório na tireóide que me causou muito desconforto, com inchaço da glândula, rouquidão na voz e dor. No ultrasom, a glândula estava com o tamanho normal, mas a minha endócrino, achou que apesar da regressão em tamanho, a textura da glândula estava de fato alterada no lobo esquerdo. Sempre faço os exames de sangue para dosagem de TSH, T4 livre e nunca tive alteração nesses dois hormônios. No entanto, tenho depressão há anos, baixa libido, irregularidade menstrual desde a menarca, intolerância à contraceptivos hormonais e o sobrepeso que virou uma constante. Não adianta eu me esforçar alguns meses para perder peso e lutar bravamente para manter o peso baixo, porque, comendo ou não, o peso volta.

    Enfim… é possível ter hipotireoidismo mesmo com as dosagens hormonais normais, já que como minha mãe tem Hashimoto, o hipotireoidismo é uma presença silenciosa? É possível que o problema seja apenas a conversão de T4 em T3, que nunca foi avaliada em exames laboratoriais?
    Obrigada pela atenção e gostaria de dizer que seus textos são muito sensatos. Sou biomédica microbiologista e acredito em uma avaliação holística do organismo. Gostaria de estar na mesma cidade para uma consulta! Mas, infelizmente, deixo apenas essas duas dúvidas!
    Abraços.

    1. Olá

      Sim, é possível. Mas também é possível que você ainda não tenha feito exames completos o suficiente para diagnosticar ao certo que distúrbios tem. E sim: pode ser mesmo só um problema de conversão de T4 em T3 ou mesmo de atuação destes em seus receptores.

      Boa semana

      * Obrigado pelas palavras sobre meu trabalho!

  14. Boa tarde Icaro

    Sou sua colega, e estou pesquisando sobre a síndrome do t3 baixo. Gostaria de saber se você tem a referência que citou no texto, ref ao trabalho realizado em 2009 em Harvard.
    Obrigada desde já.

  15. Ola!! Dr tenho hipotiroidismo quero fazer uma dieta para perder peso!! Poderia tomar t3 para ne auxiliar nessa dieta?? Pois ja tomo o t4 e não sinto diferença alguma.., obrigado

    1. Olá

      Conforme já disse aqui, por mais que eu queira (mesmo!) ajudar todo mundo, NÃO posso “consultar à distância”, por proibição do CFM… E algumas dúvidas demandariam conhecer a história do paciente, examiná-lo, seus exames complementares (como no seu comentário) e por vezes até indicar medicamentos/suplementos e suas doses: ou seja, uma consulta!

      Assim sendo, o que posso dizer à distância está nos artigos deste site, como este e demais que você pode pesquisar na Sala de Artigos (área de pesquisa no canto superior direito), ok? Desculpe-me por não poder ajudar mais…

      Boa semana!

      Dr. Ícaro

  16. Boa NOite Dr

    LI seu artigo e achei muito interessante, fui diagnosticada com a doença de hashimoto neste dia eu ja havia engordado os 6 kg e fui por isso no endocrino … e achei que estava com depressão.. só que passado 1 ano de tratamento malhando cuidando da alimentação eu nao consigo emagrecer os 6 kg e me sinto cansada com sono ….. desanimada e com o mesmo sobre peso além de ter dificuldade respiratória quando estou coma cabeça baixa …. segundo o medico minha tiroide é multinodular … gostaria de saber se o tratamento com o T3 ajudaria nestes quadro .. Fico muito agradecida se opter respostas para tantas duvidas .. pois estou desanimando do tratamento sem resultado satisfatorio .cris

  17. ola

    tenho exaustao adrenal e uso hidrocortisona bioidentica e mesmo assim, por muitos anos tenho hipotenção e a unica forma de controla-la é usando um substituto sintético da aldosterona(fludrocortisona).
    Os exames da aldosterona estava baixa. Sinto muito mal e mesmo que a pressão volte ao normal com a fludrocortisona sinto muitos efeitos colaterais(inchaço, dores musculares e etc.)

    Ouvi falar certa vez que existe aldosterona bioidentica/base, realmente existe?

    caso exista voce sabe de alguma farmácia aqui no brasil que manipule aldosterona. Eu e meu medico está a procura e ainda não conseguimos uma farmácia que manipule este.

    desde ja obriagado!

  18. Parabéns pela iniciativa. Recebi ontem o resultado do exame tsh e deu 44,91 micro ui/ml. Meu desespero foi tanto que ainda não consegui dormir. Pesquisei sobre hipotireoidismo e seus sintomas, mas percebi que não possuo nenhum deles. Uso sertralina há 3 anos e em sua bula está escrito que ela pode causar hipotireoidismo. Será que a sertralina alterou o resultado de exame tsh? Abraços!

  19. Dr:Ícaro Alves tenho muitas dúvidas sobre esse meu problema de tireoides,tenho nódulos já fiz vários exames mas até agora a medica não me receitou nada.E até hoje não sei se tenho hiper ou hipotireodismo.Como devo proceder,sinto dor na garganta e se como algo mais seco ou doce me tosse e tenho que tomar água,pois sinto-me sem ar.Desde já agradeço se puder me esclarecer.

    1. Olá

      Habitualmente alterações na tireóide não comprimem as vias aéreas e por isso não causam estes sintomas de incômodos locais. Sugiro que a Sra. procure um otorrinolaringologista ou clínico.

      Boa semana.

  20. Olá Dr.Ícaro,

    Tenho 32 anos e recentemente fiz um exame e minha dosagem sérica de T3 foi de 85,5 ng/dl, quando a referencia para adultos é de 87 a 178 ng/dl. O clínico me encaminhou para o endocrinologista,tenho muitos sintomas e estou com medo dele me receitar somente o Puran T4, que é o mais utilizado na rede pública. Tem alguma recomendação que eu deveria fazer para o endocrinologista, já que não tenho problema algum com a dosagem de T4?

  21. Bom dia,
    Como posso fazer uso desse medicamento já que tomo Puran 25 há oito anos, mas sou alérgica ao Iodo não posso comer lagosta, nem fazer contraste.
    Mt obrigada

  22. Olá Dr. Ícaro, sou uma grande admiradora do seu site e de sua página do face. Tenho 22 anos, sou de Campo Grande (MS) e há cerca de 4 meses decobri que tenho hipotiroidismo, meu tsh estava 8,8 e tinha todos os sintomas clássicos. Após 3 meses tomando Euthyrox 50 mcg meu tsh está 6,0, e o t3 e t4 normalizado. Já fui em 2 médicos e o último quer regularizar minhas taxas e tirar o remédio. Levei um susto, pois sempre leio que o é pra sempre. O Senhor acha que é possível tirar de vez o t4? Para isso teria que usar lugol? Estou muito confusa.

    Agradeço pela atenção

    1. Olá

      Obrigado pelas palavras: só tento ajudar.

      Muitas vezes é possível restaurar a produção da glândula corrigindo as causas-base do seu mau funcionamento mas isso nem sempre ocorre: só analisando seu caso e exames por completo para saber.

      Boa semana

  23. Boa noite Dr, há cerca de 2 meses comecei tratamento para hipotireoidismo, com t4 (Puran) e t3 manipulado, além de vitamina D. Gostaria de saber se a alteração no metabolismo demora a acontecer, pois praticamente não senti mudanças.

    1. Olá

      Usualmente os efeitos são sentidos rapidamente mas isso varia muito de uma pessoa para a outra, sobretudo se há outros fatores envolvidos ainda não tratados.

      Boa semana

  24. Bom dia Drº Igor

    Tenho 33 anos, fiz uma dosagem de T3 pelo método quimioluminescência e deu 73,25 ng/dL, porem T4 e TSH dentro dos parâmetros normais, isso pode significar hipotireoidismo? fiquei desconfiada porque estou engordando muito rápido, mesmo fazendo dieta, todos os outros achados estão dentro do parâmetro: HBglicada, glicemia, amilase e o LDL Limitrofe 139 mg/dL. Desde já agradeço.

  25. Olá Dr.Ícaro.
    Fui diagnosticada com hipotireoidismo à alguns anos. Deste então venho tomando puran T4 (25, 50, 75 e atualmente 100). Gostaria de saber se posso mandar manipular o T3 mantendo o puran T4, se precisa de receita medica, e gostaria também de saber se vitaminas e suplementos fazem mal para a saúde por não serem “naturais” e conter química e conservantes.

    Parabéns pelo site, boa noite.

  26. Meu medico receitou T4 e T3 para manipular em comprimidos aqui em S. Paulo, perguntei para o farmacêutico e ele disse que não era bio idêntico pois seria em creme para passar sobre a pele. falei com o medico e ele explicou que usasse sem medo os comprimidos pois aqui no Brasil todos os T3 eT4 são bioidênticos pois é proibido que não sejam e que esse assunto foi debatido em cursos e que os bioidenticos que vem do exterior só são muito mais caros. Isto precede?

  27. Olá Doutor,
    Fiquei muito feliz em encontrar um médico com essa visão a respeito do hipotireoidismo.
    Fui diagnosticada com síndrome de Hashimoto no final 2012 e passei um ano fazendo o tratamento com o uso de levotiroxina e não só não obtive melhoras, como também desenvolvi novos sintomas como crises de ansiedade e taquicardia. No final de 2013 estava deprimida e mal conseguia sair da cama, depois de passar por diversos médicos e obter sempre a mesma resposta (comtinue tomando o remédio que jajá melhora), eu decidi tentar entender por conta própria o que acontecia com o meu corpo. Encontrei não só milhares de pessoas que sofriam tanto quando ou muitas vezes até mais do que eu, como também médicos que entendiam o hipotireoidismo como ele realmente é, e não só uma alteração que não muda nada na sua vida e se controla com um remedinho, como tanto ouvi por aí.
    Passei a ler tudo sobre o assunto e procurei fazer o que estava ao meu alcance pra me sentir melhor: cortei o glúten, ajustei meus niveis de vitamina D e comecei o tratamento com homeopatia. Tudo isso me ajudou a sair do fundo do poço em que me encontrava na época, mas ainda sinto que falta um longo caminho para recuperar quem eu era antes disso tudo. Há muito tempo estou interessada no tratamento com Armour ou similar, mas não encontrei nenhum médico com o qual pudesse falar sobre isso sem ser tratada com total desrespeito e menosprezo. Tenho duas perguntas, primeira: estou indo para Portugal em dezembro e gostaria de saber qual a posicão desse e de outros países na Europa a respeito desse tratamento? Será que eu encontraria o medicamento lá e um médico que o receitasse? Segunda: para fazer a manipulação do T3, eu preciso de um endocrinologista especificamente? Você saberia me indicar outros que tem o pensamento como o seu e estariam dispostos a me ajudar em Recife ou no Rio de Janeiro?
    Grata

    1. Olá

      Possivelmente há médicos na Europa que trabalhem com a mesma visão mas só conheço o Dr. Hertogue.

      Recife: Carlos Bayma e Jacques Waisman

      Rio de Janeiro: Artur Lemos, Antônio Teixeira, Carlos Braghini, Breno Faria, José Roberto e Nathália Braga

      Boa semana!

      1. Dr Ícaro, poderia me indicar médicos em Curitiba que trabalham com a mesma visão do senhor?
        Obrigada

  28. Prezado Dr. Icaro

    Gostaria saber como fazer uma consulta consigo?
    Ou se pode me indicar alguem? Um profissional que pense assim como voce.
    Moro na Zona sul Rio de Janeiro.

    Grata
    Maria

  29. Boa tarde Dr. Ícaro!
    Faço uso de t3, t4 e hidrocortisona no tratamento de modulação hormonal. Porém, estou grávida de 6 semanas. Posso continuar tomando esses medicamentos?
    Estou com muitas dúvidas. Obrigada.

  30. Doutor, conhece medico com essa abordagem (nao ficam restritos ao T4) do hipotireoidismo que atenda em sao jose dos campos ou taubate,SP?

  31. Olá, Dr. Ícaro. Tomo os remédios Hidrocortisona, pregnenolona, tiroxina e triiodotironina e na verdade, não tenho problemas com tireóide. Foi por estresse, regular cortisol, enfim…dentre tantos outros fatores. O problema é: eles afetam em exame beta hcg? Esta é a minha duvida…estou com um pequeno problema aí de dois meses, com resultado negativo de sangue…dois, pra ser exata….

  32. Bom dia, Dr Icaro.
    primeiramente parabéns pelo site e matéria, venho acompanhado e gostado bastante das publicações.
    sou do rio de janeiro, recém chegada a Brasília e recentemente fiz meu check up de exames de sangue e percebi que estou com alteração no THS, sou diagnosticada com hipotiroidismo desde os 12 anos, sempre acompanhei com o mesmo endócrino e sempre fiz reposição apenas de T4.
    Enfim, vc teria indicação de algum endocrinologista, com essa visão ampliada, aqui em Brasília?
    Desde já obrigada!

      1. Boa tarde Dr. Ícaro! Primeiramente parabéns pelo seu trabalho belíssimo que é, além da medicina, o de divulgar qualidade de vida e muitas “verdades” para as pessoas. Isso salva vidas! Eu estou a procura de algum endocrinologista aqui em Brasília que atenta por plano de saúde e trabalhe com modulação hormonal bioidêntica, pois, no momento, ainda não posso custear suas consultas (mas dentro em breve poderei – é meu objetivo). Então, o sr. conhece algum? Desde já muito obrigada pela presteza!

        1. Eu esqueci de falar que tenho hipotireoidismo e tomo Puran T4, mas continuo com os mesmos sintomas, além de ter piorado ao longo dos anos. Isso tem me afetado muito emocionalmente, estou um pouco depressiva por conta dessa situação. Não ter disposição, viver sonolenta, memória prejudicada, retenção de líquidos, etc. Não aguento mais.

  33. Dr. Icaro, boa tarde. Gostaria muito de fazer-lhe uma consulta, mas devido à distância (moro em Macaé) será impossível. Tenho 53 anos e estou com libido zero. Este é o 2º mês que não mesntruo. Como usar melatonia e pregnenoloma. Por favor me ajude. Abrços

  34. Boa noite Dr. Icaro, Eu tenho Hipotireoidismo sub clínico, tenho a ferritina bem baixa, está subindo aos poucos, mas muito devagar, tomo ferro quelado, ja tem 8 meses.
    A Ferritina é demorada para subir mesmo? De 20 até agora chegou á 50. Tomo lugol e vitaminas como selênio, vit C, zinco, cobre etc.
    Ou tem alguma dica de alimentação que ajude nisso?
    Obrigado

  35. Olá Dr Ícaro, tenho uma dúvida, meu T4 está 7,76 ug/dl, meu TSH está 2,7169 e meu T3 está 165 ng/ml e a referência do laboratório para o T3 total é de 58 à 159 ng/ml, se o T4 está com o nível normal eu posso ter Hipo ou hipertiroidismo?

  36. Boa tarde
    Sofro de hipotireoidismo, tomo levoid 75, posso trocar para puran t4 na mesma dosagem?

  37. Olá, desde o ano final do ano passado até hoje comecei sentir tonturas do tipo labirintite todos os meses na mesma epoca do mês que duram 2 semanas e passa. Fui ao médico fiz exames e não apresentaram alteração, pois não os realizei nos dias de crise. Então por conta própria realizei um exame de sangue em dia de crise que mostrou alteração no tsh 7.65! Agora estou com novos sintomas: fraqueza e peso nas pernas, dormência na mão e cabeça lado direito, e muita ansiedade à ponto de não conseguir dormir! Fui ao médico Endocrinologista que disse que apresentei uma leve alteração na tireóide e me passou Puran T4 25 mcg e afirmou que é hormônio bioidêntico! logo pesquisei e vi que não é! Estou desesperada, não aguento mais esses sintomas todos os meses, mas não quero fazer uso de hormônio sintético, visto que o bioidêntico é mais eficiente.Como têm que ser receitado esse hormônio bioidêntico? é a glândula de tireóide dissecada suina ou é manipulado? Como solicito para o médico me prescrever esse bioidêntico? Só têm pra comprar importando, manipuldado é a mesma coisa? Estou com medo de ter tireóide hiashimoto, não sei se tem relação, mas à 3 anos venho tratando uma verminose strongyloides stercoralis e giardia sem sucesso! poderia ser uma falha no sistema imunológico? e este está atacando minha tireóide ao invéz da minha infecção por vermes? já tomei de tudo e não saro, tomo todas precauções pra não me reinfestar, mas este já tomou conta do meu organinsmo!Por favor me oriente!

    1. Boa tarde, Sra.

      1 – A receita conforme a Sra. cita usualmente deixa claro que o hormônio é bioidêntico
      2 – usualmente é manipulado
      3 – O médico tem que estar familiarizado e aceitar o conceito de bioidêntico (muitos não aceitam)
      4 – Há importados e manipulados, muitos de boas qualidades e até equivalentes
      5 – O sistema imunológico funcionando mal pode atacar a tireóide e até prejudicar a conversão de T4 em T3

      Boa semana

  38. Quero tomar hormônio bioidentico mas nao sei como obter pois meu médico nao me receita.
    Como posso fazer para obter esta receita ou eu mesma posso mandar manipular.
    Não conheço nenhum médico aqui na cidade onde morro que esteja familiarizado com esses hormonios.
    Morro em Sorocaba SP o Dr. Conhece algum aqui que poça me indicar.

    1. Senhora

      Hormônios são algo BEM sério e por isso só médico capacitado e atualizado pode acompanha-la e avaliar sua necessidade e uso. Infelizmente, em Sorocaba, desconheço nomes para indicar para a Sra.

      Boa semana

  39. Dr. Icaro:

    Antes de mais nada parabéns pelo seu livro e pela orientação sobre o T3. Aqui em Recife já existem 100 médicos que fazem parte da longevidade saudável, pertencemos a várias especialidades mais todos com uma visão holística sobre medicina, somos pós graduados em fisiologia humana e reposição hormonal bioidêntica, além de cursado com o Prof Artur Lemos em Ortomolecular ! Até breve

  40. Oi Dr. Icaro tenho hipotireoidismo e uso t3 15 mcg manipulado , biocortisol 15 mcg , estradiol bio 0,1% e t4 puran 62,5mcg pedi a minha medica que queria o t4 bioidentico..mas na receita para manipular ela colocou LEVOTIROXINA 70 mcg ..fiquei confusa porque levotiroxina? não teria que escrever t4 bioidentico? falei com ela e ela disse que é isso mesmo ..mas a levotiroxina não é a sintetica…por favor..me diga o que ela deveria prescrever para ser t4 bioidentico..

  41. olá dr, minha testoterona é muito baixa, gostaria de saber se o uso de t3 pode extinguir minha produção natural, diminuição do saco escrotal, ou diminuir verdadeiramente minha testosterona caso eu deixe de usar o t3?

  42. Você saberia me indicar outros medicos que tem o pensamento como o seu e estariam dispostos a me ajudar em Belo Horizonte?

    1. Olá

      Talvez Breno Faria, José Roberto, Lucas Penchel, Telmo Diniz e Aressa Canuto possam ajudar.

      Boa semana!

  43. Dr. Icaro:

    Por favor, poderia indicar algum profissional da área que faça reposição de T3 para os pacientes aqui em Recife???
    Grata,

    1. Olá

      Pode ser que ajudem Glaucius Nascimento, Savio Cardoso, Rebecca Spinelli, Geraldo Amorim, Sérgio Cabral, etc.

      Boa semana

  44. Dr. Ícaro,

    Algum endocrinologista aqui em Recife que faça essa reposição com T3???

    Grata,

  45. Dr. Icaro, parabéns pelo trabalho. Gostaria de um médico em Vitória-ES, pode me indicar alguém por favor? Obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *